quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

FELIZ ANO NOVO!!!


O Tempo nos dá todo ano caixinhas de Surpresas, São nossos dias.

Dentro alegrias Sonhos coloridos,embrulhados em amor.

Hoje quero Apenas agradecer aos amigos as Palavras de Carinho as Entrelinhas desenhando alegrias, desejos, saudades, ficçao ou Realidade.

Agradeço tudo até o que nao foi escrito. Agradeço o aconchego distante,o Ombro amigo ou o Abraço Das Palavras ou o alento dos nossos versos. Agradeço as amizades Novas. Agradeço os beijos coloridos.
Agradeço soltar os meus dedos quando precisei sustentar a loucura dos meus dias.


Obrigada!

Desejo um Ano Novo de infinitas Realizações, e que todas as caixinhas sejam de luz, alegria e paz, Harmonia, Amor, Risos, Saúde, Amizades, E que em vossas familias reine o Entendimento e o alimento mais precioso seja a


Palavra Deus. Obrigada!

FELIZ 2010!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Lembrando Sonhos de Amor!

No silêncio ouço o soluço da escuridão
ruído de saudades
marcada na promessa de Ficar!
 ouvindo no silêncio
no soluço das
Saudades!
A escuridão...

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

superação



...de cada palavra no coração
o ritmo e a vibração delineavam
lembranças..


Alegrias

Alegorias?

Minutos infinitos

Toda Vez que
Existo
Você!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Amar Amor



Gostaria saber explicar
 E dissertar Laudas
Sobre amor
Mas nao sei ...


Descobri  a geometria do amor
Côncavo e Convexo

 Descobri  a física do amor
Calor e Frio

Encaixe  celeste dos Corpos
Na escuridão dos dias

Descobri que amor é geografia
Curvas
Atalhos
Altos e
Baixos

 Descobri que o amor é
Presença
E
Espera

Descobri que na Solidão
Amor é superação.



Amor é mais que cem palavras
Roubadas dos poetas
Ou todas as razões para amar de
de apenas um poeta

O amor Poeta
Não é Teoria



Por fim  descobri
Um mosaico colorido de emoções
Com você as peças são coladas
Todos os dias.




sábado, 5 de dezembro de 2009

Fragmentos



Há no tempo um tempo
Entre o nosso tempo
Que encontramos tempo
Pra falar do tempo
Tempo de pausa


Viajando no tempo
Buscamos refúgio
No encanto do tempo
Nas vozes dos anjos
Na prece do canto.

Tempo de partir
De ir pra não voltar
Seguir na melodia
Do próximo dia.




MOVIMENTO DO TEMPO.

Compassado
Inquietante
Teu Sabor ficou
Marcado Nas Horas


Teu amor ficou
Circulando em meus
Sonhos

Despertando
Lembranças.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Centelhas de carinho


Mar de palavras
Ondas de sentimentos
Espuma de amor
Na areia do Tempo.
No horizonte argênteo
Brilham raios quando
A noite beija a Lua
Nua despida dos medos.

Viajante desse Tempo
Colhes no jardim secreto
Da noite o brilho das estrelas
Os raios da lua
De centelhas de carinho
Ilumina meus dias de
Solidão.

te diria que sonho com tantas palavras...




As Palavras
Voam
 nos Espaços

Feitas de Sonhos
palavras
Voam...