sábado, 28 de dezembro de 2013





...vai passar de novo
o novo é um amanhecer
que ainda não veio

aquele que visualizo
antes de dormir a noite
ou aquele que vejo chegar
nas madrugadas acordada

... tudo passa,nuvem que vai
vida nuvem...

a vida Amor é um breve instante

me convida pra passear, senta comigo
debaixo das estrelas, tenta comigo
descobrir no quintal o pássaro dono
daquele lindo cantar.

prometo pra Você tantas noites de amor
quanto os dias que tenho pra viver
a vida é um suspiro
Amor!

prometo pra mim
viver cada dia
como se fosse
o derradeiro!

...segura minha mão e me convida pra sonhar,
deixa que meus pés toquem a relva úmida na manhã,
Você só precisa deixar que eu navegue
no azul céu do teu olhar.

o instante
Amor é
Eterno
É tudo o que temos!


[ Desejo à Todos Vocês um Ano Novo cheio de bençãos, e desejo que vivam um dia de cada vez, e que possam fazer o melhor a cada dia, pois a vida é breve. Namaskar! ]


Deus permita que os sonhos se realizem...permita que as crianças acreditem!

[então é Natal...o tempo...passou!]

ando nesses dias observando os movimentos frenéticos dos dias
parece que o mundo vai ao super nesses dias, as ruas presentes coloridos e ausentes
a mesa farta é fome de tantos, as luzes delatam a conta bancária que brilha ou não
depende da luzinha no quintal, depende...

meu aluno não tem "tableti", tem fome, tem sonhos, tem medo
na cartinha pro "bom velhinho" ele pede 1 pão de queijo, 2 bis
fiquei pensando na retórica 2 bis de 1 pão de queijo...

juntamos todas as cartinhas, patins, skat, tablet, celular, mansão, camaro,
1 bola pra mim e 1 pra meu irmãozinho, violão, 1 cesta de doces, 1 boneca do meu tamanho,
1 mochila e 1 panetone,
material escolar...material escolar, material...

uma semana é tão pouco, um desejo tão pouco, deus dá-nos um aceno
Ele enviou almas caridosas, quase todas saíram exultantes, quase...
as mansões e os camaros, tablets e celulares, eram caixas de bombons

fiquei encolhida no fundo do quintal sob o frondoso ipê
pensando na doçura do engano e na frustração
não sei se no ano que vem, ele irá pedir material escolar ou patins
pois pedir camaro e mansão não cola!

e se ele pedir patins, skat, terá de repente alegria
seus cabelos ressecados de poeira contra o vento
poderá esquecer que a vida é severina

peço então à deus
que proteja essas crianças
que os anjos as livrem da queda
porque a fila do s.u.s
não anda!


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

acordei





...enquanto eu durmo tantas coisas acontecem 


Parece até que não dormi


Imagens vivas


Reais


Parece que Vivi.


...acordo com vontade de escrever uma poesia 


embaralho as letras e meus sentimentos


coloco sobre a mesa 


jogo búzios


tento adivinhar


Será que vai gostar?



apago tudo 


rabisco lembranças


sinto você 


Parece que sonhei.


...enquanto eu durmo tantas coisas acontecem


Seus dedos passeiam sobre meu rosto


desenham a sobrancelha


contornam meus lábios


deslizam em meus ombros


Seu carinho vigia meu sono.


...quando desperto Seu olhar está ali,


segurando minhas mãos, sonhando acordado.



...descobri que nada preciso escrever


...nada falar



Apenas ser pra Você 


Poesia!

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Percepção



Sou uma Ilha
Cercada de Você
Por todos os
Lados!

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

tinha uma árvore no meu caminho



...intensidade
cores
amores
sou das manhãs vermelhas
Flamboyant no meu olhar
sem explicações
sou
feliz!

...sou feliz
sem explicações
no meu olhar
manhãs vermelhas

Vejo Flamboyant


Sou!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

...Coragem





...dentro do nosso coração
lembranças de mil vidas
entre lágrimas vem a tona

os dias vindouros somem
por entre os gélidos vales
trazendo a dor essa agora
companheira

vozes tantas vezes
ocultas
lancinante
tormento
expiação

agora

Paulo vem com a capa da Fera
Desnudando-te o Medo
Segurando tua Mão

Só então a solução!

Seu rosto descobrirá
Entre o frágil e
Corajoso
Sombra e
Luz

Sarando as feridas
Sanando a razão

Tenho cá no peito
todas tuas lágrimas
teus sofrimentos
confusos e tão certos
como se fossem meus


Algo novo nesse caminho será
escrito, vidas que se cruzam
sofredoras, gêmeas, guerreiras
Irmãs

Matizo teu céu de Azul brilhante
Com mil pontos de Branco cintilante
Chuva de fragrância outonal
Ao lado do teu leito
Um cristal multicolorido

E a janela aberta para
Esperança!

terça-feira, 15 de outubro de 2013

palavras insólitas



procurei entendê-las
(naquele dia)
tal qual ditas ou desditas
(palavras )

inquietas
incertas
incoerentes
dissequei-as como cadáver na mesa gelada
tentando encontrar ali um sopro sequer

elas tão poéticas
imploravam um minuto de atenção
demorei-me nelas mais, bem além do que pediam

-nunca desista de Mim.

os poetas
sempre dizem aquilo que não querem
ou se querem nem sabem
querer

(as palavras)

apenas dizem,
conjecturas
palavras
oblíquas.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Amor - Vinicius de AMor(a)es





De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa dizer do meu amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


Vinícius de Moraes

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~





Centenário de Vinicius de Moraes


Parabéns Poeta

teu Poemar

Nos faz Amar

Imenso Mar

de tantas

Emoções!



Vini

Íntimo
Bem sei
Meu
Bem
Assim
Em teus
Versos
Bem
Íntima
Desde o
Primeiro
Verso
Me
EnaMorei!


mARa.



quinta-feira, 3 de outubro de 2013

viVa

Era tão metódico: se perdeu entre as vírgulas

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

óbvio amor primaveril



primavera cor
diga se vem beijar-me
já estou em flor!


amor cor ação
meu coração palpita
teu olhar fração!


chegamos aqui
onde? diz-me o tempo
são flores para ti!

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Delicadezas...





...sabia desde então que nada seria igual, daria adeus as regras, porque tudo certinho não combinava com você, padrões não estavam nas anotações do seu manual, se é que existia um. Eu tinha uma música para cada momento, os teus eram todos carnavais, revivais, festas do interior exposições, invernos alpinos.

Cadência, toque de caixa, horários. Foi a primeira espera algo que não esperava, afinal o que são trezentos minutos de atraso, algo banal afinal. Me dê motivo, estou indo embora pra nunca mais...pode crer você pôs tudo a perder. Eu tinha uma música para ... Nada seria igual desde então.

Cores, copos e taças cores para cada copo e cada taça, não isso não combina comigo. Passei a achar simpático uma cor para cada prato e modelos infinitos de louças expostas na alegria de cada dia. Desde então olhar-te era olhar tantas possibilidades e combinações, passei a combinar meu dia no teu.

Amedrontava minhas madrugadas tua ausência, aprendi que toda partida é prenuncio de regresso e que sozinha aprendia a enfrentar noites de tempestades e que...cada recordação desde então nos unia mais.

...eu sonhava com o mocinho do filme, rústico, rude, olhos azuis, ele me salvaria dos meus medos. Engraçado, delicadezas não combinam com você. Teu olhar azul, barba por fazer, e voz tão grave, gravei então o timbre do teu coração, assim estilo aventura.


Teus desejos
Entre
Laçados aos meus
Em cada volta tua
Os beijos meus
 Sei que vou
Desejar
 te Amar!

 Cada volta Tua.




sexta-feira, 19 de julho de 2013

um segundo





quando Você chega traz dos campos longínquos
 noites frias
o cheiro da mata o brilho prateado da Lua
na dança dos teus passos
a energia  dos tambores,
som das cachoeiras, beijos de mel e cauim.
envolve-me nessa esfera, outro mundo,
um segundo de magia percorre nossa pele

e depois

um segundo...

terça-feira, 4 de junho de 2013

deixa a vida nos Levar!




Alguns dias são especiais como dias de festa
 se faz Festa por tocar a parte mais nobre do Ser:
A Alma!

O coração transborda de alegria
Por sentir no teu sorriso o amanhecer
Reconfortante depois de noites Insones.

Nesse momento vem à consciência
Nossa proposta de vida, de amor, respeito,
Desapego, caridade, paz, união, concordância.

É quando nos damos às mãos no ritmo da roda que gira
Na cadência da cantiga que canta A vida
E num mesmo passo de aprendizes que somos, seguimos!

O brilho do teu olhar
Intenso Azul que cintila meu Dia
Confunde-se no negro intenso dos meus, Amor!

Nessa jornada olhamos na mesma direção
A felicidade Nossa, amorosamente na teia da Vida
Compartilhamos nosso entendimento de Superação!

...assim todos os dias
Na alegria e na dor
Como se juramento fosse.

quinta-feira, 30 de maio de 2013

...aprendizagem



Logo ali não sei o que Tem
E se vem é lição

Tem ação no meu caminho
Sem medo do que habita a
Escuridão

Aceito o dia
Sem porquês

Porque não se pode parar
E perguntar por quê?

Toda vez que o Sol se esconde
Toda vez que vem a tempestade
Toda vez que a Lua está detrás das nuvens

...









quinta-feira, 23 de maio de 2013

Caminhando



...de pés no chão, véu nas mãos, bailado na cintura
Vinha caminhando na estrada

Anoitecia na neblina o brilho da Lua!

O cheiro da natureza
Perfume selvagem da mata
Sob o firmamento estrelado

Guiava meus passos
Minha Cigana de Fé!

...vinha caminhando a pé
Quando em mim encontrei
No perfume da Noite
Amor, Esperança e Fé!

domingo, 12 de maio de 2013

me faz parar





...andamos sem tempo, nos desencontramos nesses trajetos
nossa agenda nem combina
a tua é na mente
a minha tem flores, poesias, patuás, guardanapos, teu nome,tem Você!

...eu guardo
Você aguarda...

...

A essência
O extrato
O resgate exato!

...

é quando desacelera o tempo
o relógio sorri descompromissado na parede
a mandala de pedras reflete seu brilho na penumbra

...

Você me faz parar
Me faz Sentir
O suave toque do tempo
Deslizando como cera cálida na Pele!

Equilíbrio!

sábado, 4 de maio de 2013

Ouvir




...pensei ser fácil ouvir-te enquanto me contava tuas dúvidas, abaixei a cabeça num gesto entre entender e aceitar e quando de novo pude sustentar teu olhar, meus dedos já percorriam teu perfil. Tinha dessas necessidades, te entender significava te acolher e ouvir.

...meus gestos se transformavam em poucos segundos naquela dança que tanto esperava, era mais do que abraço, um querer mais que pele, além dos poros e da carne. Se pudesse descrever, diria que era o toque das almas, o tocar etérico de outras vidas.

...nessa noite acordamos no mesmo instante, acho que foram algumas gotas por entre a persiana aberta, não precisei abrir os olhos, apenas aquela intuição que tantas vezes falamos, ficamos um longo tempo ouvindo o vento, respirando a madrugada, deixando a emoção nos conduzir.

...quando a chuva vem, Algo dentro do peito Molha. Terra árida esperando cada gota. Ajuda ouvir na madrugada Escorrer nas Paredes gota a gota um gosto de saudades e carinho.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

...enquanto





A medida que escrevo tento não descartar tantas palavras
Busco-as nos recônditos da alma,onde por um tempo ficaram
Estanques, submersas, escassas, retidas, contidas.

Elas urgentes se põem a disposição
dispostas sem jeito, embaralhadas na tela
Enquanto tento escrever sorvo meu chá
Arranjando os sentimentos
Como se notas fossem de uma melodia por cantar.

Invento o momento.

Afago meus dedos
Tentando divagar
Ao suave encontro do calor da xícara
Nas ondas reflexas da palma da mão.

Tento não descartar tantos sentimentos
Tantas palavras
Enquanto isso,
Tento não confundir
Tantas palavras...

segunda-feira, 15 de abril de 2013

...sentir




Ando há muito entre silêncios
Apetece-me Calar
Olhar
Tocar
Nesses gestos que te falam
Sem palavras

Um breve sussurro das chamas
Um leve tilintar das pedras
E depois é tudo silencioso

Tocar
Olhar
Calar!

Dentro do teu silêncio
Apetece-me
Sentir!

quarta-feira, 3 de abril de 2013

...toque Azul



...às vezes nos distanciamos
Como se déssemos um Tempo
Ficamos uns tempos distantes
E tão perto em pensamentos
Sentindo a proximidade da pele
No toque do lençol Azul.

...deixamos os dias deslizar no fluxo do tempo,
Separados, distantes, nunca ausentes.

...ausências são mais do que simples viagens.
Se você está tão perto e tão envolto noutros pensamentos
Sinto te dizer tua presença é Ausência.

...então com o tempo aprendemos que podemos viajar,
Noutro lugar, outras ruas, outras gentes, separados, distantes,
Jamais ausentes.

...porque tua presença está aqui dentro do meu peito
Dentro de tudo o que me faz Feliz, desde teu sorriso até
O grave da tua voz rouca, teu olhar Azul, tua Luz.

...as vezes nos distanciamos
Ficamos um tempo longe
Na certeza do toque Azul do regresso.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Primeiro de Abril



Parecia mentira
Quando Começou.

Quando Terminou
Parecia mentira.

sábado, 23 de março de 2013

Liberte sua Mente!

...está chovendo ou o céu esqueceu de fechar a torneira?

O mundo é o que Você enxerga...Através de suas lentes...

Então, liberte sua mente!

...Abra suas Asas!
E deixe as cores se espalharem...

Vamos girar NOvos Sonhos!

Quem disse que peixes não Voam?
Já pensou nisso?

O Sol toma banho todo dia?
Ou só molha o cabelo e finge estar Limpo?

Essas estrelas... estão brilhando?
Ou estarão brigando e soltando Faíscas?

Então...Liberte sua mente!
Abra suas asas!

Deixe as cores se espalharem!
Vamos!

...vamos girar novos Sonhos!

Por que insistir até sua cabeça ficar cheia?

Num piscar de Olhos a mente se esvazia!

Vá enfrente, abra as Portas!

E sem medo Voe!
Voe!

Estou com Você!

E você está comigo!

Eu e você vamos JUntos!

Vamos nos divertir!

Por que o Mundo é tão colorido?

Você já se perguntou?

Escolhendo essas cores com Amor?

Alguém decorou o MUndo com Elas.

Suspeito que seu Criador seja um Artista!


Então, liberte sua Mente
Vamos girar Novos Sonhos!

(música Bum Bum Bole - do filme Taare Zameen Par) -

quinta-feira, 14 de março de 2013

Pretérito Imperfeito


Qualquer dia
Era um dia qualquer na infinitude do tempo
Não fosse o entreolhar advindo das Sombras
Por sobre o Olhar que perscrutava
Cada gesto do teu Sentir.

Seria só uma sombra qualquer
Em qualquer Dia de sombra
Qual Fosse
Tal.

Não fosse a hipócrita resignação
Do Ser de seres um gesto cerceado no
Infinito Tempo.

Por entre aquele Instante e a resistência
Delatavam-te as pupilas dilatadas
Estúpidas vozes que te açoitavam.

Nenhum poema resiste aos impropérios
Dos versos sem rimas
Dos verbos imperfeitos
Do pretérito sem Lira.

Desenhava Nas horas teu sorriso
Amava teu pensamento Tão próximo
Enquanto você esperava
Ficava mais um pouco
Mais.

Entretanto
Do pranto
Fez-se
Canto!



quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

A viagem




O estado bruto das pedras dispostas a tua volta indicavam o medo e simbolicamente construías ali tua fortaleza.

Percorri o entorno, entre os signos dispostos nas paredes, os relevos e sinais dos teus sentimentos estavam riscados em vibrantes cores vermelhas, os dedos ásperos tinham as marcas de finos sinais de sangue. Escrevia tua história com as dores da tua alma.

Atravessei aquele vão estreito por onde ainda respiravas as madrugadas de relva úmida, as manhãs coloridas das estações, flores que enfeitavam teu olhar imerso nos meus.

Cheguei tão perto de decifrar-te.

Percebo no ar delineado o hálito frescor da manhã marcando tua Presença.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013



...

Não sei quando voltarás, se voltarás ainda nesta vida. Mas, neste momento em que te sinto, o tempo não conta, deixou de existir, ficando apenas o amor que em nossas almas habita.

Não importa se, quando a manhã chegar já não existes aqui, se quando o Sol raiar se desvanecem as esperanças em mim, apenas agora, que nossos corpos partilham o mesmo ar que respiramos, que as almas se fundem numa única e verdadeira expressão do Amor eterno,

Importa sentir os dedos da eternidade embrenharem-se em nossos cabelos feitos de ventos de esperança.

(Uma Noite - Antonio Almas)

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013




Existe em Você uma energia de Amor que reverbera por onde passa: Alegria e Luz!
Essa energia nasce no seu interior, cresce e se expande irradiando Paz!
E nesse Templo pulsa o seu Coração!

Imagem - Kathy Klein.