sábado, 4 de maio de 2013

Ouvir




...pensei ser fácil ouvir-te enquanto me contava tuas dúvidas, abaixei a cabeça num gesto entre entender e aceitar e quando de novo pude sustentar teu olhar, meus dedos já percorriam teu perfil. Tinha dessas necessidades, te entender significava te acolher e ouvir.

...meus gestos se transformavam em poucos segundos naquela dança que tanto esperava, era mais do que abraço, um querer mais que pele, além dos poros e da carne. Se pudesse descrever, diria que era o toque das almas, o tocar etérico de outras vidas.

...nessa noite acordamos no mesmo instante, acho que foram algumas gotas por entre a persiana aberta, não precisei abrir os olhos, apenas aquela intuição que tantas vezes falamos, ficamos um longo tempo ouvindo o vento, respirando a madrugada, deixando a emoção nos conduzir.

...quando a chuva vem, Algo dentro do peito Molha. Terra árida esperando cada gota. Ajuda ouvir na madrugada Escorrer nas Paredes gota a gota um gosto de saudades e carinho.

25 comentários:

Anônimo disse...

mARa, saudades é saudável quando faz bem! a chuva está presente na vida de todos, quantas lembranças boas eu guardo na memória e isso me faz bem.
*

Minha vida de campo disse...

Um belo poema, vivemos sempre com saudade, mas isso que nomeamos de saudade é um bom sentimento que nos faz viver feliz.
Bjos e tenha uma ótima semana.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Un excelente prosa donde los sentimientos brotan en la nostalgia y en ella podemos escuchar nuestros recuerdos.
Gracias.
Con ternura
Sor.Cecilia

mARa disse...

Concordo! algumas lembranças tem gotinhas de chuva, nostalgia.

abço fraterno!

mARa disse...

Anajá, Ter saudade até que é bom
é melhor que caminhar vazio... já dizia Peninha...

Abço fraterno!

mARa disse...

Sor.Cecilia, gracias sus comentários siempre com sabiduría, alegran este espacio.

Si, escuchamos nuestros recuerdos con sonidos de citaras.

abço!

Bandys disse...

Que lindo Mara. Ouvir estar para aceitar mesmo.
E então deixamos a emoção nos conduzir como vc bem disse da chuva onde a terra árida se esbalda com cada gota.

Beijos

mARa disse...

Bandys, ouvir conforta quem precisa falar, e nem sempre é fácil falar, muitos têm essa dificuldade, aprendi a ouvir, aprendi a gostar da chuva, admirando sua fala, gota a gota.

bjão sua linda!

Indiasena disse...

¡Bellísima prosa!
La añoranza salpicada de lluvia
y el húmedo sonrientes lagrimas.
¡Ha sido una delicia visitarte Mara!
Besos.

O Sibarita disse...

Ei, moça retada! kkkk Uma prosa intuítiva, oi que maravilha! kkkkkk

Na realidade, esses momentos tão bem descritos nos dá a sensação de quero mais, né não? Aiaiaia... kkkk

PORRETA!

O Sibarita

mARa disse...

Cierto, la añoranza y las lluvia,el invierno, el tiempo donde el amor se hace um regalo.

Gracias!

besos!

mARa disse...

Meu Rei, as vezes as letras saem assim, rssssss...com gosto de quero mais!

bjo!

Cristina disse...

Hola! Llego hasta tu sitio por intermedio del blog Lilasesazuis, precioso lugar, si me permites me quedo para seguirte.
Te dejo un fuerte abrazo desde Uruguay!

http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

mARa disse...


Gracias Cristina. Un placer compartir mis pensamientos, y si te gusta, bienvenida.

abrazos!

YoSueño disse...

GRACIAS Mara por tu visita a mi blog. Un ABRAZO

Blue disse...

Quando a chuva vier,
ouvirei teu coração também...

Beijo

Cristina disse...

Mil gracias por tu vista, te dejo un abrazo, buen fin de semana!

O Sibarita disse...

Ô mainha! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

FELIZ DIA DAS MÃES COM MUITO CARINHO, AFETO E PRESENTES, VIU?

O Sibarita

wcastanheira disse...

Um mimo, uma delícia andar por aqui e encontrar esta maravilha, pra vc vai do Castanha bjos, bjos e e bjosssssssssssss

Lilasesazuis disse...

Mara..quanta sensibilidade...amei cada verso seu!!!

Menina, que dom maravilhoso!!

Um Feliz Dia das Mães para você ao lado da sua família.

beijinhos,

Lígia e =^^=
ღ╮♥⊰✿⊱♥╰ღ╮♥⊰✿⊱♥╭ღ╯

mARa disse...

Cuando el tiempo me permite, me gusta visitarlos.

abrazos!

mARa disse...

Bom saber que gostou!

Abraços azuis!

mARa disse...

Cris! l la vida es bella! y los amigos nuestro puerto seguro.

gracias!

fuerte abrazo!

mARa disse...

Siba! Você me contagia com esse riso rasgado, ô delicia!

Agradeço teu carinho!

mARa disse...

Castanha, é maravilhoso reencontrá-lo por aqui.

Bjão!

Postar um comentário