sexta-feira, 19 de julho de 2013

um segundo





quando Você chega traz dos campos longínquos
 noites frias
o cheiro da mata o brilho prateado da Lua
na dança dos teus passos
a energia  dos tambores,
som das cachoeiras, beijos de mel e cauim.
envolve-me nessa esfera, outro mundo,
um segundo de magia percorre nossa pele

e depois

um segundo...

27 comentários:

Bandys disse...

E depois um segundo de embragues de amor.
A magia percorrendo toda a beleza doa mor.

Pqarabens Mara pelo dia do amigo;

bondearte disse...

Belíssimo texto

Cristina disse...

Un texto realmente hermoso junto a una fotografía que invita a sentir ese segundo...
Un placer leerte, te dejo un fuerte abrazo, buen comienzo de semana!

http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

Blue disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Blue disse...

E além das noites frias,
temos neste inverno,
dias gélidos...
Pra esquentar,
só mesmo a chegada de alguém!

Beijo

mARa disse...

Oi menina Bandys, é isso a embriagues do amor.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Adorei tudo o que li aqui e tomei a liberdade de seguir, para voltar mais vezes.

Um beijinho
Sonhadora

mARa disse...

Artista querido, agradeço o carinho.

bjo!

mARa disse...

Cris, sentindo cada segundo da vida somos capazes de amar a vida e tudo que ela nos traz.

abraço

mARa disse...

bjo grande amigo lindo!

mARa disse...

Esperamos então!

bjão

mARa disse...

Sonhadora, agradeço teu carinho e teu olhar se gostou é apenas um reflexo do seu coração.

bjão

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Basta um segundo,
para que os nossos silêncios
se transformem em sinfonias.

Que em teu coração,
a vida possa dançar
a música da alegria.

O Sibarita disse...

Oi moça! kkkk Em sendo assim, um segundo, sim, apenasmente um segundo... Tudo pode acontecer, oi que maravilha! kkkkkkk

Belo texto!

O Sibarita

Céu azul disse...

mARa,
como faço,
ou o que devo fazer,
para sempre em teu quarto,
poder entrar?

Se o horizonte lilás
não mais existe,
como poderei,
nos teus braços
descansar?

Beijo

mARa disse...

AZUL azul, gosto imenso desse azul. Gosto mais da desenvoltura das palavras tuas, e fico feliz. Digo também que as palavras permitem a onipresença, adentramos espaços, sentimos de tal forma que eles passam a existir, dentro de nós.

bjo grande!

mARa disse...

Um segundo! tudo pode acontecer.

bjão seu Lindo!

mARa disse...

Poeta Professor! Silêncios, sinfonias, danças, isso é Vida!

bjão!

O Sibarita disse...

Ô dona Mara, alivie os seus fãs de carteirinha, poste, viu? kkkk

O Sibarita

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

passando para agradecer a visita e deixar um beijinho com carinho.

Sonhadora

Minha vida de campo disse...

A paixão da chegada se completa com a emoção da espera. Lindo poema.
Bjos e tenha um ótimo dia.

Blue disse...

Sim, sim, sim
Ainda bem que existes
Só assim posso sempre te visitar
Sentir, em um segundo
o aroma que da fronteira
emana esta mARa
que teima em não escrever!

Beijo

mARa disse...

LInda Anajá, as vezes a espera se completa com a chegada de uma linda paixão.

mARa disse...

Blue, eu escrevo sempre, rsssss...sem tempo para posta, juro.

Bjão!

mARa disse...

Sonhadora, prometo prestigiá-la, está faltando hora no meu dia.

bjão

mARa disse...

Siba meu rei, tô sumidinha tbm senti, rsssss...
apareço juro!

Blue disse...

Como posso,
te ajudar?

Beijo

Postar um comentário