quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Amante do Vento.





..meus pés tocavam o verde dá relva sentada na sombra da Noite

 uma leve brisa fazia carinho na Pele.
céu  ...estrelas, Nuvens, ar ...orgia anunciada nos sonhos da Noite.
Senti o beijo do vento no ombro, braços e pernas
Lábios macios
aroma almiscarado do tempo no cio
Na escuridão um leve torpor
O vento da Noite na relva
Tocavam os pés na terra úmida
Despertei minha Presença de Amor!!

22 comentários:

Adolfo Payés disse...

Me has hecho suspirar con tus versos.. que maravilla leerte.


Un abrazo
Saludos fraternos..

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

POEIRA NO VENTO

Eu fecho os olhos,
Só por um momento e o momento se esvai.
Todos os meus sonhos
Passam-me diante dos olhos, simples curiosidade.
Poeira no vento
Tudo o que são é poeira no vento.
A mesma velha canção
Só uma gota d’água no oceano infinito.
Tudo o que fazemos
Desintegra-se na terra, embora nos recusemos a vê-lo.
Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento.
Não fique parado!
Nada dura para sempre, só o céu e a terra.
Tudo se esvai!
Nosso dinheiro não vai comprar outro minuto.
Poeira no vento
Tudo o que somos é poeira no vento
Poeira no vento
Tudo é poeira no vento.
Tudo é poeira no vento.

Layara querida, você gostou do poema no eu e daí?, então lhe ofereço esta canção que nos lembra que tudo é poeira de vento, e que é urgente amar e viver, nunca desperdiçar esse bem maior a nós concedido: a vida*
Prefiro esta canção com Scorpions*
Aliás, o seu poema clama pelo mesmo motivo, você vive por amor porque ama a vida* Linda demais você. Eu não suspiro, eu me inspiro em suas poesias sempre.
Beijos mil********
O melhor sempre,

Everson Russo disse...

Olha menina, diante desse seu poema eu só posso fechar os olhos e gritar pra esse vento vir e me abraçar, me beijar, me acariciar, me trazer enfim a paz que tanto busco nas palavras e nos sentimentos, adorei o "as nuvens abraçadas em orgia de cores", seu poema me deixou assim, vivenciando em pensamento cada letrinha, pés na grama, vento no corpo, espera, saudade, amor, sentimentos profundos,,,esperança sempre....por aqui na cidade do mais Belo Horizonte, chuva pode esquecer...rs.rs..rs..ceu azulzinho,,,alias, aquelas nuvens lá de cima podiam vir pra cá...rs..rs..rs...e não tem previsão, apenas de esquentar mais....beijos, muita inspiração pra ti e um lindo dia.

A Magia da Noite disse...

o vento sempre percorre reentrâncias e detalhes que os mais finos dedos não conseguem tocar.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

A leveza de suas palavras, me lembraram o carinho da própria brisa que descreve no poema.Amei também a orgia de cores. Ah, tudo enfim.Ficou muito belo.Parabéns.Beijos

Thomas Albuquerque disse...

As mulheres são tão fortes, belas e encantadoras, que até o vento se rende à tão grande beleza.

Belas palavras Menina.

beeijos

Tatiane Trajano disse...

E com o vento me vou.. E voo!

Amanda disse...

Olá Guria, obrigada pela visita.

... dos meus cabelos um qualquer cheiro almiscarado de cio seu hálito quente arrancou...

Sem comentários.KKK

Beijos em versos!!!

Luciana P. disse...

Bela metáfora, amante do vento... e quem não gostaria de um amante assim, hahahahaha. Hálito quente, desejo, beijos, uhhhh, nem é bom pensar nisso, rsrsrs. Pode dar um mal súbito, hahahaha...


Beijos de quinta.

Memória de Elefante disse...

O vento abraça um só desejo na memória da pele.


Um beijo

Everson Russo disse...

Enfim o meu Belo Horizonte amanheceu cinzento e dando espaço a chuva que cai, cai e inspira a alma, molha o coração, e feito lagrima escreve poesia em petala de rosa...beijos e um lindo final de semana.

saudade disse...

Amante do vento, fechar os olhos e dar largas ao desejo que invade o corpo, como não sendo o vento, poderia ser alguém que se deseja a nosso lado, dando-nos prazer infinito, fazendo-nos soltar gemidos de gozo e prazer...
Saudade

Bia Maia disse...

O vento...

que maravilha....

Deu para sentir ele passando por aqui!

beijos e lindo final de semana!

Bia

A.S. disse...

Layara,

Deve ser delicioso amar o vento nos dias de ventania...
Deve ser uma longa espera quando a tempestade se anuncia...

Beijos
AL

Everson Russo disse...

Menina, aqui um sol terrivel, manda essa chuva pra mim, quero sonhar e dançar nela...quero sentir esse aroma e ouvir todos esses sons....beijos euma semana linda pra ti....

Olavo disse...

Um lindo poema...essa brisa é um vendaval isso sim
Beijos

Everson Russo disse...

Um beijo do meu horizonte cheio de sol e sem chuva...pro seu horizonte todo lilas....linda semana pra ti.

Juliana Lira disse...

Layara

Esse teu poema tão envolvente, quente e no fim tão doce e belo...
Nunca tinha pensado em ser amante do vento.Mas pela descrição do poema deve ser sublime rsrsrs

Belissimo.Parabéns!

Milhões de beijos

Amanda disse...

Oi! Guria

Kd vc, venho te visitar para apreciar tuas postagens, mas percebo que você está ausente.


Saudades.

Beijos em versos!!!

Everson Russo disse...

Menina, cade voce? saudades de ti...meu horizonte falta uma cor quando voce nao está...um lindo final de semana,,,beijos na alma.

Paulo Tamburro disse...

AmaR o vento é a forma mais democrática de você sentir-se tocada em todo o corpo.

Correto?

Um abração carioca.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Atenção: Você foi citado(a) no meu blog e tem direito de resposta

Postar um comentário