quinta-feira, 8 de outubro de 2009

[a]manhã


Ainda que o sol anuncie o ocaso, em outro rincão raios de sol acordarão uma manhã e em todos os amanhãs haverá cores brilhantes da aurora, e dourado pôr-do-sol, anunciando a noite abraçando o tempo. Momento Sublime imerso em pensamentos que levam-nos a meditar, aconchegados no vazio onde somos feitos de nada, apenas nós e o vazio.
Permanecemos envoltos no silencio, envoltos na escuridão e as recordações a cada dia mais longe, fazem companhia na distancia, junto aos sonhos onde habita somente as estrelas, os anjos, um mundo distante, um mundo fantasiado, um sonho despertado na realidade bruta.
Os sons dos sussurros desejados em mil pedaços fragmentados de notas estilhaçadas no universo voam sozinhos, o vento levou o perfume do amor, já nada existe, as almas vagueiam, passeiam ao relento buscando alento no movimento da vida.
Momentos são esquecidos dissipam-se como nuvens brancas em nosso pensamento. O corpo já esquecido dos toques suaves, intensos, adormece em lençóis macios de ausências, sonhos e fantasias aos poucos deslizam suaves no tempo esquecido.
A Noite chegou, trouxe-nos o brilho da lua, outros pequenos pontos como diamantes brilham no espaço enfeitando a noite, vemos ao longe nossos sonhos fantasiados de amor e em nós a realidade vestida de dor.

30 comentários:

A Magia da Noite disse...

a realidade será sempre a angústia de um sonho que nunca foi, o reverso de uma medalha que cai sempre com o lado errado para cima, mas que a seu tempo se dissolverá no vazio e a realidade transformar-se-à.

SAM disse...

Bom dia, Layara!

Lindíssimo sempre.


"...vemos ao longe nossos sonhos fantasiados de amor e em nós a realidade vestida de dor."

Esta frase é maravilhosa!


Carinhoso beijo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oi, Menina Lilás!
Tudo bem?
Lindinha, mesmo não estando bem, cá estou para desejar-lhe Bom Dia e dizer que gosto muito de você.
Beijos,
Renata

"...vemos ao longe nossos sonhos fantasiados de amor e em nós a realidade vestida de dor"
Não, Coração Lilás, sempre vestida só de amor!

Reis disse...

Teu blog só falta exalar um perfume adocicado da violeta, lindo! Ler teu (a)manhã é como ouvir o murmúrio de um córrego, o assovio do vento ou, até mesmo, o canto do silêncio a revelar que tudo é passageiro e impermanente... que saibamos sentir.

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Bom Dia Lindo Horizonte

Agora de volta,posso visita-la novamente.
Espero que esta velha borboleta tenha lhe feito falta,pq senti falta da amiga Horizonte Lilas.

Doces Beijos

Doce Essencia

Daisy Libório disse...

Lindas palavras, menina!!!!!!!!!!
Como se mergulhasse nelas e sentisse tudo o que quis expressar!!!

Parabéns!!! ;-)

Everson Russo disse...

Queria eu habitar nessa distancia, entre esses anjos e sonhos e estrelas, que desse alto o amor esteja presente sempre e sempre traga paz...menina Lilas, o Belo Horizonte hoje nasceu cinza chovendo, como ta lindo isso aqui, ta inspirador...aquele dia que pede um abraço de paz...beijos lilases e uma linda quinta pra ti.

Amanda disse...

Layara, adorei você ter me chamado de "guria" rs, rs, obrigada pelo carinho.

A sua postagem inspira-me esperanças de um amanhã melhor....

Beijos em versos!!!

Whesley Fagliari disse...

Ola menina linda...

Quanta saudade de passar momentos perfeitos neste seu Horizonte Lilas... Vc eh muito especial e me doi nao poder vir aqui com tnata frequencia... Mas, nao te esqueco nao, viu!

Lindo texto... Belo como sempre!

Bjs de saudade e poesia!

Bom feriado prolongado... Luz e paz!

Com carinho,
Whesley Fagliari

Everson Russo disse...

Menina que colore nossos horizontes todos os dias, por aqui uma chuva deliciosamente poetica, inspiradora, papel e caneta na mao e esperando o que vem...deixo pra ti meus carinhos e o desejo que voce tenha um final de semana polongado muito delicioso e muito inspirador, que seja de paz e muito amor...beijos na alma...fique com Deus.

meus instantes e momentos disse...

"passeiam ao relento buscando alento no movimento da vida"
queria ter escrito isso....
Maurizio

seu gordo disse...

minha querida... matou a pal!!! beijo desse gordo fa seu ,otimo final de semana

Akhen disse...

Layara

Sabe que adoro o que escreve.
Naquilo que expressa, sempre encontro um pouco da minha forma de encarar o que me rodeia, por isso, coloco o meu comentário usando suas palavras mudando apenas o contexto, mas as ideias, os sentimentos dão seus. E eu sei que exprime sentimentos.
"Vestidos de nada e enfeitados de vazio, deixamos que a escuridão do silêncio pinte de rosa o mundo em que vivemos. Mas estilhaçados os sonhos, fantasiados de amor, acordam-nos para a realidade vestida de dor"

Paz e Luz no seu caminho

Akhen disse...

Layara

Julgo que nunca lhe pedi, mas vá a
http://jim-viajantedotempo.blogspot.com

às vezes escrevo lá algumas coisas. Agora tem lá pouco, mas interessante.
Um fim de semana cheio de sol e de tudo que desejar.

Paz e Luz no seu caminho

Memória de Elefante disse...

Viajar entre estrelas é a certeza de um sonho real.Que a gente nunca perca a capacidade de sonhar...


Lindo!

Beijo

Sonia Schmorantz disse...

Linda descrição deste sentimentos tão intensos e envolventes!
beijo, ótimo final de semana

Mai disse...

É que o tempo é sempre o mesmo - o tempo - é um só. Um sol que se derrama devagar. O que muda é a hora de compreender, viver - amar.
Isto é sonhar?
A cada dia um novo sol.

Você é bem mais que sonhos, viu? Você se expande como esse horizonte lilás.
Você compreende o que lê no universo porque o mundo é um livro e você, como poucos, sabe ler este mundo de coisas.
Abraços e muito obrigada por suas belas e sábias palavras no 'inspirar-poesia'.
Fique bem.

Renato Baptista disse...

Parabéns pelo blog e pelos escritos. Muita sensibilidade e bom gosto.
Obrigado por sua visita lá na Academia da Poesia.
Fica um convite para vc visitar: http://nossacasadapoesia.blogsopt.com ... é o blog da nossa comunidade poética Ning.
Abraços
Renato Baptista

Cadinho RoCo disse...

Na magia do viver a mistura da dor com o prazer.
Cadinho RoCo

Everson Russo disse...

Olá menina do Horizonte Lilás, tudo bem contigo? desapareceu, deixando muitos beijos de ótima noite de domingo, um excelente feriado e uma semana cheia de paz e toda lilás....beijos na alma.

Encanto do Amar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Akhen disse...

Layara

Vi os comentários obgds. pela visita.
Quanto ao Aten e Inti, eu explico.
Aton/Aten/Ra na mitologia egipcia era o Sol. Há um faraó chamado Akhenaton ou Akhenaten, cuja mulher era Nefertiti traduzido, (A mais bela). Criou uma religião monotaísta, Aton ou Aten.
Inti - é o mesmo, o sol, mas em dialecto quechua, seja da A. do Sul.
Já reparou na semelhança fonética?
São nicks que eu uso.
Aten, Inti ou Akhen, mas também Akhen-Aten
Sempre gostei do sol.
"O Sol,
quando se vai deitar
cerra a cortina da noite,
para que Nut
ilumine a terra
com os seus brancos
raios de luar"

Everson Russo disse...

Bom dia menina, tenho sentido seu horizonte distante, espero que seja apenas impressaõ, por aqui ontem, no iniciozinho da noite, quase seis, o céu desabou, mas foi muita agua de uma só vez, ficou gostoso o clima, a janela molhada, aquele cheiro de natureza, apesar da paisagem urbana, carros loucos debaixo do temporal, pessoas correndo sem direção, e eu com minha caneta e meu bloquinho, nessa mesma janela tentando fazer minha leitura disso tudo...foi bom...um grande beijo do meu horizonte pro seu horizonte...um lindo dia pra ti.

Memória de Elefante disse...

Só passei para agradecer o comnetário, a visita de hoje e deixar um beijo

Milésimo disse...

"A Noite chegou, trouxe-nos o brilho da lua, outros pequenos pontos como diamantes brilham no espaço enfeitando a noite, vemos ao longe nossos sonhos fantasiados de amor e em nós a realidade vestida de dor."

Excelente texto com um final lindissimo.

Bjs

Akhen disse...

Layara

Perguntou se os olhos podiam ser pretos....rsss, bem vamos ver como fica, tá?

Tinha nos olhos negros
a perfeição do universo
reflexo das estrelas
dum céu azul violeta
janelas abertas para o infinito.
Vestia cabelos castanhos,
cabelos de chuva
daquela chuva morna
que convida ao sonho,
onde os botões rosa
dos seus seios
espreitavam
por estreitas frestas.
E tudo
compunha o retrato perfeito,
como perfeito
era o desejo despertado.

Já os olhos não são azuis nem os cabelos loiros. Está melhor assim?

Paz e Luz no seu caminho.

EDUARDO POISL disse...

Vim pedir desculpa pela minha ausência no teu blogger mais como havia um feriado e trabalho com turismo ficou difícil, mais agora com um pouco menos de trabalho volto a normalidade.

"O que diferencia uma pessoa de outra é o seu imaginário, a interpretação que dá aos fatos da vida." (Tisuka Yamasaki)
Abraços com muito carinho.

Eärwen Tulcakelumë disse...

Texto envolvente, sublime, as palavras exalam sentimentos...
“Nesta visita peço desculpas pelo silêncio das pérolas
Mas era preciso que assim fosse, para poder florescer a primavera
Meu carinho em nada mudou e voltando agora estou
Deixo aqui, como sempre, minhas pérolas de carinho que refletem a luz do que sou.”
Eärwen

T@CITO/XANADU disse...

Os Liláses eram somente azuis,
sem nuances, sem caprichos de entretons, emersos do passeio de um só lápis,
na lauda azul de uma manhã de primavera.

Não sei se houve o completo nascimento
das flores, porém, a brisa que as embalavam
transmudou-se em enérgicas lufadas.

De inesperado vento chuvisqueiro.
E a chuva eis que apagou minha janela,
E a noite se formou velando violetas.

Saudades de suas visitas!
Tácito

Everson Russo disse...

O meu Belo Horizonte deseja ao seu Horizonte Lilas um lindo final de semana...beijos

Postar um comentário