sexta-feira, 16 de outubro de 2009

...HoJe...



Acendi na escuridão da ausência uma luz pra me guiar, uma chama, um lampejo uma réstia do que resta, um fogo crepitando, queimando lastimas, lamentos ardem nas labaredas lentamente nesses dias de solidão, o silêncio aos poucos tomou consciência em meu ser. Fixando meus devaneios na fumaça do incenso, segui as formas desenhadas que no ambiente se dissipavam. Suavemente, inalei o perfume da essência fragrância divinal que nos acalma.

Entre uma margem e outra, um dia e outro, ir e vir, estar não estar, sou e não sou. Alianças se formam, cronometrados jogos iniciam, terminam em seu tempo. Nosso caminho de relevo árido massacrando os pés, nuvens ninfas dançando cerúleas nos dias.

Observei a vida na tela do Horizonte, reconheci meus anseios, dilui os meus medos nas gotas do orvalho, amanheci sem ninho, recolhi as penas dá pena de mim, segurei meus gravetos, discordei da razão da roda da vida, distribui meus fragmentos na relva sob a chuva.

Os extremos, margem cá margem lá igual pluma ao sopro dos dias ou frias pedras deixadas no meio do caminho, não seguimos, cegamos, não somos, ficamos presos na roda do tempo. Julguei ser possível toda sorte sussurrada nos vãos dos lábios, prece, pecado, promessa, encanto, canto, sofisma, falácias, falo, fala crua.

Hoje escolhi o Caminho do Meio, nesse pergaminho que me entregou riscos e rabiscos, rascunhos que decifrei. Enfeitei meus dias de flores de cores, deixei às margens do passado dardos retirados da pele, mel e leite no pires presente a Deva. Nesse caminho te convido a seguir. Sigo!

17 comentários:

seu gordo disse...

fixando meus devaneios na fumaça do incenso !!!!eu sigo tambem !!!um beijo delicioso do gordo e um final de semana que seras um novo começo... ha e a morena nao consigo esquecer e postar outro poste em cima rsrsrsr

MEMORIA DE ELEFANTE disse...

Layara!
Gostei desta imagem
...ficamos presos na roda do tempo...

A partir deste momento, há estagnação o que afasta todas as possibildades.

Um Beijo e Bom fim de semana

meus instantes e momentos disse...

é bom voltar aqui.
Tenha um feliz final de semana.
Maurizio

Everson Russo disse...

Como é linda e inspiradora a solidão, ou melhor, linda não, mas inspiradora, sempre tecendo caminhos e como sempre com um horizonte lilas lá no fundo, onde nos espera a acalma, perfumes de um jardim em flor, amor sem dor, chuva terna e calma caindo sobre o corpo cansado de buscar....beijos menina do mais lindo Horizonte do mundo....um otimo final de semana, bom assim, quando voce escreve a gente fica leve...

O Sibarita disse...

Ai meu Deus do céu! kkkkkk Para seguir, é fia?

Então tá, depois não se queixe, viu? kkkkkkkk

Vou seguir sim! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Dona moça, é a solidão? Apronte com ela, esqueça-a, de desprezo, jogue duro, pense em você e nesse luar porreta que está ai nesse seu céu do seu olhar, oi que bom! kkkkk

Se você fizer isso, ela (a solidão) é quem vai ficar retadinha com você, né não? kkkkkkkkkkkk

Sei, entendo suas belas palavras... Mas, no azul do tudo ou do nada há sempre um novo caminho esperando novos passos para ser explorado, então fia, explore, coloque seus passos à frente dessa nova caminhada, o que se foi lá se foi! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Abra os olhos que você não é japonesa, é? kkkkkk É nada! kkkkkkkkkkkk

Obrigado pelas bondade das palavras no Sibarita, mas, sou seu aprendiz!

Ô maravilha! kkkkkkkkkkkk

Bjs
O Sibarita

Renato Baptista disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renato Baptista disse...

introspecções que sacodem a alma....Belo texto minha amiga.
Obrigado por sua visita e comentário na Academia da Poesia.
Fica um convite para que visite e se cadastre na "Casa da Poesia", nossa rede social de literatura.
Abraços*

Tatiane Trajano disse...

Já me perdi tantas vezes em pensamentos pela fumaça que sai do incenso...
Solidão dói, mas inspira...Constrói!

Li e gostei!
;)

Beijos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Layara,

Com essa chamada não tem quem não deixe de ir. Esse seu texto foi tão intenso que senti daqui a vibração de suas palavras. Menina, ora quando crescer, você escreve grande por natureza. E essa carinho, essa forma exposta de demonstrar tanto bem querer por nós, me deixa tão, mas tão, mas tão feliz que você não imagina. Vem aquela vontade de abraçar e dizer que amizade realmente se conquista e vira matéria prima para uma trajetória feliz.

Um beijo grande, um abraço grande e toda a minha admiração gigante.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Oie querida Layara

Menina...este teus poemas...ai...meu..deus..rs
amo eles,tuas escritas sao tao doces e profundas...*suspiros*
Olha,so to vendo o selo que te indiquei...fiquei muito feliz de ve-lo...sempre te ofereço,mas tu nem sempre pega...snif...rs
Mas entendo...mas admiro teu blog e a pessoa linda que es.

Um doce fds

Doces Beijos

Doce Essencia

P.S. Posso pegar essas borboletas ai no final da pagina do blog ? rssrs

Luciana P. disse...

Muito lindo o seu texto... é uma mistura de emoção... vai do caminho triste ao alegre num instante...
Gosto desse jogo de palavras, metáforas, em que se pensa e pensa e se conclui que a vida é nada mais, nada menos que um jogo de emoções e tudo depende da história que estamos vivendo e do que passa pelo coração.
Beijos e um ótimo dia pra ti!

Batom e poesias disse...

Já acendeu a luz na escuridão, observou a vida, já escolheu seu caminho e enfeitou sua vida de flores... É claro que te sigo!

Bjs
Rossana

Akhen disse...

Layara

Deva aceita a oferenda, mas irá ela ajudar em toda essa indecisão. Vai querer com certeza uma meditação profunda. Aí ela irá ajudar mesmo, porque a Luz sempre vence a Escuridão.
É querer saber muito, mas é uma forma de tentar ajudar "Quem foi o 'mau espírito' que provocou todo esse estado". Budha é compreensivo e sempre aponta o caminho certo. Sempre tem um pensamento de apoio.

Mas gostei imenso do seu post. Obriga a uma leitura cuidada, onde a vontade de seguir em frente é contrariada pela indecisão. Gostei bastante e vou tentar passá-lo, porque não me satisfaz ler apenas uma vez.

Paz e Luz para iluminar os seus passos

Deusa Odoyá disse...

Olá minha linda e iluminad amiga.
O Sibarita disse tudo.
A solidão pegamos e jogamos ela fora.
deixamos o sol do amanhecer banhar nossas vidas.
um lindo texto, parabéns...
Obrigado por suas palavras tão carinhosas em meu cantinho.
Muita paz, luz e amor em seus caminhos.
beijinhos doces da amiga.
Regina coeli.

Mário Lopes disse...

Da vida ninguém nos dirá o caminho. Teremos de nos despir e atravessar o rio, mesmo que não vislumbremos sequer a outra margem. Ser aquilo que somos e não deixarmos de o ser, é o único e árduo caminho que teremos de percorrer para chegarmos inteiros. E o amor virá, assim, numa manhã, como o sol que se deixa acariciar, secretamente, lá, nas pedras da infância onde gravamos os nossos sonhos.


Lindas as suas palavras e os seus pensares.
Obrigado, e desculpe-me a demora às suas impressões na minha "casa" por construir.
Beijo.

Daisy Libório disse...

Lindas palavras... vivo no momento imagens muito próximas a estas que descreveu...

Lindo, realmente!!!

Bjs

Everson Russo disse...

Linda madrugada, lindo dia e linda semana pro seu belissimo horiznte....beijos carinhosos

Postar um comentário