domingo, 4 de outubro de 2009

Pensamentos


O silencio é um presente de grego
Recheado de saudades gritadas,
Ecoando na pele riscos sangrando desejos,
Tatuagem desenhada com tuas mãos
De lembranças,
Percorrendo curvas em movimentos
Arrepiadas dos beijos teus
Essa lembrança que a chuva não leva,
Não dissolve, apenas aconchega nas madrugadas
Silencio na escuridão
Formando na imaginação
O intenso brilho dos teus olhos.
Contemplo a noite,
O brilho da lua,
O beijo na rua,
Constelação de Orion,
As folhas ao vento,
Meus momentos no tempo,
Olhando o horizonte
Onde existe
Um vazio
Silencioso
Ecoando
Teu Nome.

8 comentários:

Everson Russo disse...

Pensamentos, percorrem mundos, percorrem coraçoes, nações e desejos, e é num silencio profundo e ensurdecedor que escutamos nossa alma, nossos mais intimos desejos...beijos menina, se chover, ande na chuva por mim tambem, adoro e aqui não chove, e meu horizonte fica feliz quando seu horizonte aparece....beijos menina e uma linda semana..

lia disse...

No silêncio ouvem-se as conversas do corpo e da alma...

Everson Russo disse...

Meu Belo Horizonte traz muitos beijos ao seu Horizonte Lilas Belo....um lindo dia e uma linda semana pra ti...fique com Deus e meus beijos na alma.

Ariana disse...

Ah, o silêncio, por vezes nos sufoca e por vezes é desejado, mostrar apenas em gesto o que sentimos, sem palavras...
Mas acho que prefiro as palavras, ele pode ser enigmático demais para eu decifrá-lo.Lindo dia, lindos versos!!!

Memória de Elefante disse...

Layara!
No silencio é onde a presença de alguém que amamos se torna mais forte...

Beijo

Solange Maia disse...

Layara...

ah... essas saudades...
esses amores...

nos inspiram...
nos faltam...
nos preenchem...

e a gente escreve, né ?

Adorei. Lindo.

beijo carinhoso

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O corpo das suas palavras treme de desejo no momento que sente tanta emoção. E assim é você, Layara. Pura erupção, louco sentimento, linda em cada momento. Admiro demais sua forma delicada de se encher e conquistar. Jota Cê e eu temos um carinho todo especial por ti. Pois é, brigamos demais e nos amamos na mesma proporção, isso que é bom, né? Adrenalina sente taquicardia toda vez que o chafurdo começa pro nosso lado...ahahaha.

Beijo grande, menina linda e linda e linda que adoro.

Rebeca

-

Sombras de Anjos disse...

Olá Layara!!!
Você deixou claro o que existe no silêncio...
Palavras que queriam existir no momento , na lembrança que se foi...O tempo não há de apagar, o grito do peito , o beijo...
As palvras no passado viraram desejo e o vazio, o vazio deixou de existir , pois virou saudades ...e serão apenas saudades...

Muito bom este texto, quando li,roubei , porque ele entrou em minha mente e me fez lembrar do meu presente...Adorei!!!
Você descreveu não apenas um pensamento , mas um momento ...
Muito Obrigada por sua presença em meu mundo (Blog)...
Será sempre muito bem vinda!!!
Um iluminado final de semana!!!
Grande abraço.
Lidi Dias

Postar um comentário