segunda-feira, 13 de julho de 2009

Enquanto


Minutos e segundos acompanham a imaginação
Deixo-me aninhar em lembranças
Quente em teu abraço fugindo do vento sul
Fugindo do inverno fugindo do inferno
Longa e Fria Noite
Tento parar a visão que tenho de ti
Ela para perto do meu rosto
Que posso quase beijá-lo
Estou nua desprovida de palavras
Texto sem nexo sem pontos
Sem rimas sem Alma
Apenas a presença constante eterna
Terna de tua respiração aqui ao meu
Lado enquanto escrevo
Teus lábios quase tocam meu pescoço
Enquanto escrevo tuas mãos percorrem
Meu corpo arrancam-me a roupa
Tocam meu seios param em meu ventre
Eu escrevo ao sabor do gosto do vinho
Enquanto insistes meu corpo possuir
Sabemos do nosso desejo na carne
Marcado de tantos sabores
Enquanto escrevo ouço tua voz
Sussurrando Saudades
Confessando Desejos
Enquanto escrevo lembranças de Amor
Fazes ao meu redor Amor com minhas
Lembranças
E tua Presença ficará sempre ao redor
Chama Etérea Toda Luz

8 comentários:

Bia Maia disse...

Simplesmente divino...
MARAVILHOSO...envolvete..quente e sedutor...
PARABÉNS!!!!
E..."as melhores mulheres pertencem aos homens mais atrevidos"...

Linda semana para você!!

Beijos com muito carinho,

Bia

Bia Maia disse...

Passo a lhe seguir com muito prazer!...

KOTTA disse...

Fazes ao meu redor amor com minhas lembranças.
Tive muito gosto em ler o que escreves.Obrigada pelo teu comentário.Vou te seguir. Bjs

Anônimo disse...

Layara

Tua dor tem uma emocionante declaração de amor.
Uma lembrança que faz amor com as palavras.
Enquanto escrevo lembranças de Amor
Fazes ao meu redor Amor com minhas
Lembranças. Qualquer homem gostaria de saber-se amado!
Alegre-se com meu beijo.

lia disse...

Vívida imagem... impressionante!

Daniel Hiver disse...

Muito boas essas sensações. Parece que estou vendo você me dizer. São sensações lilazes. Como essa página e como tudo que você escreve. Tudo cheio de cores vivas. Gostei particularmente de imaginar, com sua ajuda, uma mulher nua desprovida de palavras... sussurrando saudades e confessando desejos... E COM OS OLHOS VENDADOS COM UM LENÇO DE SEDA.
Daniel Hiver

O Sibarita disse...

Porreta fia! Eita que a moça escreve fácil e gostoso! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Isso ai!

bjs
O Sibarita

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Layara,

Eu sinto sua emoção em cada palavra, até mesmo, na hora que você sente a respiração ao lado.

Você sabe transmitir intensidade, menina linda que adoro.

Beijo grande e noite de luz!

Rebeca

-

Postar um comentário