terça-feira, 22 de setembro de 2009

Mundo




... uma noite de verão
Um sorriso e
Um beijo no coração...

Uma canção
 minha razão
De todos os homens...

um chamado

-vida MInha-


...jardim cercado de amor
doce amor,  infinito amor!

O desejo da minha alma
primeiro e último Amor!

Meu Presente
Noite de Lua
Sonho de Verão
 brilho do sol!

Fragrância primaveril
dos beijos teus  Homem
Meu!

Estação de frutas doces
cítricas, macias, rosadas,
sabor a mel...

amor, amor...

..horizonte azul
 sonhos liláses
desejos azuis

...que Mais?

Amor Meu!




12 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, Linda menina de alma pura e lilás!
O poema que vc publicou em castelhano é, na minha contraditória opinião, belo e utópico. Pois o meu mundo é só meu. Fechei as portas, nenhum homem entra mais. Não sei quanto tempo isso vai dura. Depois da mágoa, preciso recolher-me, pensar, e, finalmente, recomeçar.
Está muito frio aqui, nebuloso, vem chuva. Dormi 15 minutos esta madrugada. Vou tentar nanar agora, se me deixarem.
Lindo dia para vc, com sol e muita alegria!
Obrigada pelas freqüentes visitas!
Beijos,
Renata

Everson Russo disse...

Belissimo poema menina do coração lilás, não domino o espanhol por completo...rs..rs...mas senti o amor expresso...beijos que seriam da madrugada pela tarde que se faz...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindinha! Tem poema para as amigas no meu EU E DAí? O seu nome está citado com todas as letras. Gostaria muito deste carinho que lhe ofereço com delicadeza.
Beijos, minha ametista,
Renata

seu gordo disse...

ai mi corazón no puede tomar bella y encantadora, una gran semana para que la vida en el presente, siempre con palabras hermosas, con bellos sentimientos beso de grasa

Ariana disse...

Em Português ou em Espanhol, a emoção é a mesma, e que possamos sentir isso tudo, como o horizonte que é certo e está sempre à nossa frente...
Que o amor possa ser puro e lindo, como um beijo inesquecível que deiza o sabor na boca para sempre.

Linda poesia!

Beijos!

Ariana disse...

opssss, agora fui eu... eu quis dizer "deixa", hahahahaha...

meus instantes e momentos disse...

lindo post.
Belissimo o poema.
Maurizio

Amanda disse...

Layara, qualquer escrita que expresse um envolvimento de amor, que nos faça perceber o quanto é bom de se ver, tocar, sentir, desejar, é apreciável...
Gosto de tudo que me pernmite amar...

Beijos em versos!!!


Amanda

Amanda disse...

Só corrigindo (rs rs) "permite"

EDUARDO POISL disse...

Um poema lindo no horizonte do amor lilás.
Abraços

Everson Russo disse...

Aquie estou menina, com minha latinha de tinta vazia pra pegar um pouco de tinta lilás e colorir meu horizonte, que de tão Belo, hoje acordou nublado e com lagrimas no ceu...mas isso é bom...é inspirador...beijos e um belo dia pra ti.

Akhen disse...

No se puede llamar lujuria al culminar del amor. El sexo, el culminar del amor, es un tan fugaz instante. que no voy a darle un nombre.
Es simplemente amor y ese está para allá del infinito.

Postar um comentário