sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Carícia




Meu Horizonte desejado
Tem as cores do teu Céu
Azul da madrugada
Lua prateada
Estrela enamorada.
Horizonte imaginado
Lascivo beijando o Mar
Despertando prazeres
Secretos
Em ondas de amar.

Sonho
Em forma de fractal
Formas que se formam
Na penumbra da madrugada.

Segundo que passa
Circula
Desliza
Fixa
Lento
Eterno
Horizonte
Tocando o
(a)Mar.

[Entendo agora porque o Horizonte toca o Mar]

7 comentários:

Everson Russo disse...

Olha que lindo, esse horizonte lilás tocando o azul do mar em pura harmonia, amor e paz, enquanto nós pobres mortais pairamos pelas madrugadas decifrando toda essa beleza,,,,seu poema é lindo...beijos no coração e uma linda madrugada pra ti...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Parece que há muitas pessoas aqui na Blogocoisa que são brisa, peixe, sereia, mar, amor, amar. Seu poema é a coisa mais linda do mundo. Você também é uma sereia:
"Céu e mar no horizonte a se abraçar
Em porto seguro ancorar
Que me saiba perder para me (te) encontrar"
(Renata Cordeiro)
Beijos, querida,
Renata

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Entao agora somos duas a entender ! ^.~

Um doce fds a ti.

Doces Beijos

Doce Essencia

Everson Russo disse...

Bom dia meu doce anjo Lilas da poesia, por aqui em BH, amanheceu céu escuro, dia anunciando chuva, mas aqui estou pra colorir de lilás o meu Belo Horizonte, deixar carinhosamente um beijo no seu coração e desejar um lindo final de semana pra ti....

T@CITO/XANADU disse...

Em um feitio de janela avisto o horizonte.
Mas sem sentido,
Olho então as serras em qualquer cor
em qualquer noite
para saber de nós e dos pássaros
quando caminho no amanhã
sem distâncias
e sem muletas.
No horizonte porém, nenhum sinal...

Tácito

Érica disse...

Um lindo horizonte.
Tocando o mar...
Beijos

Daniel Hiver disse...

O Horizente para tocar o (a)MAR precisa ser lilas...
Faltou o acento. Nao por que eu esqueci, mas pela mesma razao que faltou o til nos lugares em que o til devia estar. Teclado precisando encontrar um substituto. rsrsrsrsr

Postar um comentário