quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Vento da Noite



Entrego-me à Noite para que ela me leve em sua escuridão, quero o escuro desse momento, em silencio, deixar que o vento lânguido, frio, sopre com seus lábios sedosos meus poros. O Vento da noite no escuro entre as folhagens sabe chegar ao meu encontro, encontra  meu corpo na penumbra.

Não há luz nessa Noite, nem um ponto a brilhar. A noite deixou-me assim, despiu meus medos do escuro, ensinou-me a amar no breu do céu. Fez um leito de nuvens, deitou-me em seu corpo de sonhos. Acaricia-me os seios em movimentos lentos, contorna meu perfil com seus braços quentes, arranca-me suspiros dos lábios semi-abertos.

As sombras deambulam em nossa volta, sombras de anjos, espalhando sobre nós fragrâncias almiscaradas, mesclando em meu corpo, suaves aromas de puro e sublime amor, fluidos do orvalho da Noite, sêmen que escorre em minha pele clara, deslizam como água morna das chuvas de verão, suaves em minhas pernas entreabertas.

A Noite escura de Vento suave, sorve minha alma, minha essência, deixo que nessa noite, meus gritos de prazer ressoem na imensidão desse negro instante, o espasmo provocado no momento em que meu corpo é penetrado da energia etérea de tanto amor.

O tempo para e o Vento de hálito morno aconchega-me em seus braços de amante, embala meu sono em nuvens de sonhos, até que os primeiros raios de Sol despertem meu corpo banhado de prazer.

8 comentários:

Kátia disse...

"ensinou-me a amar no breu do céu"

diferente
bonito
suave
amei seu blog.

bjos

Everson Russo disse...

Que coisa mais linda, me vi nessa sua noite, nessa perda do medo da escuridao, nesse divagar de sonhos, e interessante, falamos hoje de vento...rs..rs...entao vamos abrir as janelas, deixar o vento e a noite entrarem e nos fazerem poemas...beijos minha linda , tenha um otimo dia...

Everson Russo disse...

Ooops...faltou dizer, que mesmo nessa escuridão que a noite nos tras, o horizonte continua belo e lilás...rimou....beijos

paula barros disse...

Cheguei e fiquei lendo seus belos poemas. Enquanto lia pensava que sempre os poetas encontram formas diferentes de expressar o amor. E sua forma é encantadora.

T@CITO/XANADU disse...

Um coração/poema
estrutura, fendas
uma tremulação vermelha
uma fogueira
nada pode assegurar!
no vento.
Tácito

Aline Lopes disse...

A noite trás lembranças, a noite nos faz viajar, entre sonhos e desejos o coração e quem manda.

Texto perfeito.
Adorei.

Beijos

Bela disse...

O silêncio e a magia da noite é capaz de despertar as mais profundas emoções dos amantes.

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

O despertar e sempre gostoso,qdo podemos estar nos braços do amado !

Doces Beijos

Doce Essencia

Postar um comentário