segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Frio


Repouso abraçada a mim
E meu calor não é suficiente
Abraço então minha alma
Todavia meu corpo está gelado
Aconchego-me em silêncio
Encoberta de lembranças
Calor que me traz o Sol
Aquecendo meu quarto frio
São sentimentos de calor
Paisagem de teu sabor
Que esquenta
Meu corpo
Nessas
Madrugadas
Geladas.

8 comentários:

A Magia da Noite disse...

a recordação é uma manta de retalhos, de vidas vividas, que nos aquece a alma e nos deixa o corpo aconchegado.

Everson Russo disse...

Lindo, lindo , lindo, a gente sempre recorda algo do passado, das madrugadas, dos frios e calafrios, e nem sempre nosso corpo sozinho consegue aquecer tudo...beijos e uma linda semana pra ti...

Érica disse...

Noites geladas acompanham pensamentos quentes. Tenho tido dessas madrugadas chatas, sem mãos dadas, abraços suados e bafos de amor (ainda que de um amor momentâneo).
Beijos

Anônimo disse...

Falta-te algo...

beijo

Solange Maia disse...

Adoro sentimentos de calor...
Eles duram, mesmo depois que passam...

Adoro suas delicadas visitas aos meus blogs, viu ? Me enchem de alegria !!!!

Beijos de calor,

Solange

http://eucaliptosnajanela.blogspot.com

KOTTA disse...

Isso com um amor verdadeiro passa.Bjo

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

*Longos Suspiros*

Vejo que todas as minhas amigas borboletas resolveram mexer com a alma e coraçao.

Lindo,minha querida amiga...

Uma doce e encantadora semana para ti.

Doces Beijos

Doce Essencia

Whesley Fagliari dos Santos disse...

Querida Layara,

Estar aqui contigo tb me é um presente muito valoroso... Parabéns pelos textos, estão cada vez mais lindos... Belos mesmo!

Luz e paz!

Com carinho,
Whesley

Postar um comentário